A Buenos Aires de Robert Serbinenko

O fotógrafo Robert Serbinenko é o nosso Colaborador Especial de hoje! Um texto muito interessante sobre essa cidade tão mágica!! Ótimas dicas sobre o bairro Boedo! Obrigado, Robert, pelas dicas valiosas!!! 






Como BsAs pode ser interessante fora do lugar comum.

Estive em BsAs pela primeira vez faz uns tres anos. Não conhecia nada, não tinha nenhuma informação do local, o que de certa forma foi ótimo, pois pude descobrir coisas à minha maneira.

Pelo guia Lonely Planet ( que eu só indico para mochileiros ou quem tem muito espirito aventureiro) procurei um albergue interessante. Caí em Boedo.

Como nada acontece por acaso…descobri que esse bairro é um celeiro de artistas e abriga entre outros, um café em homengam ao criador de um dos mais famosos tangos argentinos – SUR , por Homero Manzi.

Além disso, sendo um local cheio de artistas, seus bares e cafés são muito mais interessantes ( na minha opinião ) do que os bares de Palermo que são mais famosos.

Na minha vontade de conhecer as coisas em volta, eu saia a caminhar e descobrir locais como a igreja de Santa Cruz onde começou o Movimento da Mães da Praça de Mayo…fica na Calle Estados Unidos, perto da Av. Boedo.

Indo mais longe no meu espirito fotográfico-explorador cai na Feira de Mataderos. Recomendo a quem quer tomar uns copos de vinho ao sabor de fantásticas carnes na parrilla e depois andar pela feira de artesanato.

De volta a Boedo, com o dia chegando ao final, encontramos dois cafés – de frente um para o outro na Av. Boedo – o primeiro se chama Cafe Margot e o outro Cafe Panyarte .

Em cada um deles existe algo especial. Um foi fundado em 1904 ( Cafe Margot) e o outro tem teatro e musica, além de empanadas deliciosas (Panyarte).

O bairro é de classe média, teve seu inicio baseado em uma comunidade de trabalhadores, anarquista e artistas. Caiu na obscuridade por longo tempo e, faz alguns anos, foi capa do caderno de turismo do NYT. Hoje ele atrai gente de toda a cidade.

Para buscar as atrações interessantes na cidade, sugiro sempre dar uma olhada na página oficial do governo da cidade .

Em Abril, normalmente por volta do dia 20, tem a Feira Internacional do Livro de Lingua Espanhola – a maior do mundo.

Em agosto, o Festival Internacional de Tango. Quem se interessar em ver imagens do último festival, veja aqui.

A vida seguiu e hoje estou às vésperas da quinta viagem à BsAs. Nada de guia de mochileiros. Nada de guia de compras. Meu hotel preferido se chama LolaHouse, fica na Castro Barros, em Boedo e está extremamente bem comentada no site Trip Advisor.

Enfim…Buenos Aires são muitas. A minha é regada a um ótimo malbec, passeando pelas feiras e exposições de arte e longe dos circuitos das compras. 





Obrigado, Robert!! Não vejo a hora de voltar para BsAs e conhecer estes lugares novos!!! E suas fotos da cidade são mágicas!! Vou agora mesmo no seu site olhar mais uma vez tuas imagens!! Abração!

2017-09-06T16:25:42+00:00

2 Comments

  1. Robert Serbinenko 7 de julho de 2011 at 14:49

    Oi Marco..obrigado.
    Em agosto vamos fotografar mais uma edição do festival de Tango.
    Abs

  2. Muito legal!! Espero ver as novas fotos!!! Grande abraço!!

Leave A Comment