Supermercados em Buenos Aires


Visualizar Supermercados Buenos Aires em um mapa maior

Uma das primeiras coisas que eu gosto de fazer quando viajo é conhecer os supermercados locais. Ficar na fila do super nos dá um insight muito interessante sobre a cultura local, e conhecer os produtos específicos do lugar é muito divertido. Por exemplo,deixe de lado o interesse quase obsessivo por tudo o que for Havanna e conheça um pouco o Jorgito. Deixe a coca-cola de lado por alguns momentos e conheça a (uruguaia) Paso de Los Toros. Prove os sucos da linha Ser. Escondidinho nas prateleiras dos iogurtes você vai encontrar até alguns potinhos de arroz doce!! Que bueno!
O supermercado é o grande aliado do viajante,especialmente quando passamos um longo período na cidade. Visitar restaurantes e cafés é essencial,mas não podemos depender apenas deles. E, convenhamos, ter aquele pote emergencial de Haagen Dazs nos esperando depois de uma longa caminhada, ou um vinho e bons queijos para iniciar a noite é sempre uma boa idéia.

A oferta de supermercados em Buenos Aires é imensa,com uma diversidade de estilos e propostas. Encontramos de tudo,desde as grandes redes internacionais até os mercadinhos controlados pela comunidade chinesa local. O meu primeiro contato com supermercados em BsAs foi com o Coto da Viamonte. Acostumado com a rede Zaffari de Porto Alegre, o choque inicial foi intenso, mas divertido. Até hoje nutro um sentimento nostálgico de atração e repúdio com a rede. Nas viagens atuais sou cliente fiel da rede Disco.
Eu acho interessante o microcosmo que existe em um supermercado. Já reconheci clientes habituais, quase gerando um “buenos dias” mais natural, entre vizinhos pelos corredores. E também as operadoras de caixa, gerando comentários do tipo ” Olha que legal, a Consuelo continua trabalhando aqui…” Dá um gostinho de ser local.

O Disco é onde sempre compro os itens de primeira necessidade de viagem, como um bom Malbec da Patagônia, um pouco de grana padano e Parma.

Os supermercados do Barrio Chino merecem um post especial. Uma visita ao bairro chino está se tornando uma pequena tradição nas nossas viagens. A Quéle adora as lojinhas de quinquilharias divertidas, existe uma boa diversidade de restaurantes e os supermercados do bairro são uma atração especial! Eu sempre acabo comprando algo inusitado e saboroso, e muitas vezes não faço a mínima idéia do que possa ser. Para quem gosta de cozinhar é uma aventura. Os supermercados da região são referência em frutos do mar, sempre frescos.


Eu não deixo de visitar o meu Disco sempre que vou a BsAs. Uma dica: compre uma garrafa pequena de um bom Malbec, com tampa rosca, uma baguete, um bom queijo, um pastrami ou presunto parma, algumas frutas, alfajores, etc. além de um bom livro e um Piazzola no mp3 e passe uma tarde preguiçosa em uma das tantas praças e parques desta cidade surpreendente. Você vai se dar conta que o bom da vida é a simplicidade e a valorização das pequenas doses de felicidade!

E você, qual o seu supermercado favorito em BsAs?
Lista básica:

JUMBO: Produtos gourmet,ótima padaria e produtos especiais. Um pouco mais caro e longe do que os demais. Ótimo para comprar vinhos.

CARREFOUR: Se modifica um pouco de acordo com a região. Atendimento e oferta de produtos similar aos supermercados da rede no Brasil.

COTO: Ah, o Coto… O primeiro que eu visitei era confuso, caótico, claustrofóbico e com atendimento precário. Mas a primeira vez em frente aos vinhos que no Brasil são caríssimos e lá não, a gente nunca esquece… Este fato marcou o Coto na minha memória afetiva. Hoje em dia mato a saudade apenas passando na frente. Mas é um bom companheiro nas horas emergenciais.

DISCO: É o meu favorito, sem dúvida. Antes o meu favorito era o Norte, mas foi comprado pelo Carrefour. Os supermercados Disco são relativamente pequenos, mas com boa oferta de produtos de primeira necessidade, como queijos e vinhos. Não é um super para compras do mês, é um super para “comprinhas”

Existem outras redes espalhadas pela cidade, como o Leader Price e o Super Eki. Os vários mercadinhos da comunidade chinesa pela cidade não geram interesse turístico, mas o preço dos vinhos geralmente é mais em conta.
2017-09-06T16:26:36+00:00

67 Comments

  1. mariana 27 de outubro de 2009 at 18:31

    Marco, que post maravilhoso! Eu sou obcecada com supermercados quando viajo também. Na primeira vez que veio aqui, meu pai quis conhecer um super logo no primeiro dia. O Disco e o Jumbo realmente são os melhores para passear e encontrar coisinhas legais. Vale muito a pena uma voltinha pela a seção de geléias. Aliás, sempre levo uma ou outra de presente para amigos no Brasil. Geléia de figo, de damasco, de frutas da Patagônia… Gosto também da seção de chás. No Brasil, geralmente chá é sinônimo de remédio, mas aqui, desenvolvi um gosto especial pela coisa. Um chá verde com jasmim? No Disco tem (a marca de chás gourmet José é sucesso nacional) e no super do bairro chinês, tem muito mais.Eu, normalmente, compro no Coto mesmo, pq fica mais perto e é mais barato, mas nem se compara.

    Amo as verdulerias também. Sem dúvida, muito melhor para ver e comprar frutas da estação aqui. A época dos pêssegos, nectarinas e morangos… hummm.

    Vou linkar esse post lá pq tá bonito demais. Parabéns!

  2. Marco Cavalheiro 27 de outubro de 2009 at 19:07

    Oi Mariana! Que bom que você gostou! Uma das coisas que eu gosto sobre Buenos Aires é que ainda existe o hábito de comprar frutas na fruteira, verduras na verduleria, carnes no açougue, pães na padaria, vinhos na loja de vinhos… é muito mais divertido do que fazer tudo no super. Mas eu sou um supermercadólotra e adoro conhecer os novos… Abraço!! Marco

  3. Carla 27 de outubro de 2009 at 21:05

    Marco, esse post está pra mim!!! Eu ADORO supermercados, até aqui no Brasil… Minha primeira experiência em um supermercado em Bs.As. foi no Coto da Avenida Cabildo, perto da estação Min.Carranza do Subte, lá em Belgrano. Na época tinha um restaurante self-service na sobreloja que quebrava um galho daqueles, não sei se ainda existe… E não era nada confuso, não, talvez por ser um mercado de bairro… Ainda hoje prefiro o Coto da French, na Recoleta, a qualquer outro mercado do bairro – dessa vez até mandei entregar minhas compras em casa! 😉

    Momento delícia que descobri nos mercados: doces de leite La Serenisima (não gosto do Havanna, acho doce demais, como os brasileiros…); momento péssimo: refrigerante de pomelo, ou melhor, pomelo sob qualquer forma ou textura… 😀

    Curiosidade: você gosta de fernet?

  4. Marco Cavalheiro 27 de outubro de 2009 at 21:13

    Oi Carla! Eu sou apaixonado por vinho, mas abro minhas exceções, e fernet é uma delas. Na Argentina, faça como os argentinos, hehe. Pura ou com coca-cola bem gelada? E eu gosto de pomelo… mas a minha esposa não. Será que é uma bebida mais "masculina"? O self-service do Coto já me salvou tantas vezes… passa ano e entra ano e o menu das comidas prontas deles é exatamente o mesmo…E La Serenisima tem uma linha extensa de ótimos produtos, valeu a dica! Obrigado pela visita, adoraria ver você por aqui mais vezes! Abraço!

  5. Carla 27 de outubro de 2009 at 21:59

    Aparecerei, pode deixar… É bom ter esses cantinhos onde podemos sempre conversar sobre o "vício"… 😉

    Fernet pura eu acho forte demais, mas com Coca-cola geladíssima… – ah, pra mim tem gosto de Buenos Aires!!!

    Gostei de saber que o self-service do Coto ainda existe! Da próxima vez tenho que ir pra ficar logo 1 mês inteiro, matar as saudades de tudo e ainda descobrir novos lugares – é, acho que 1 mês ainda vai ser pouco!

  6. Marco Cavalheiro 27 de outubro de 2009 at 22:16

    Eu vou passar 20 dias por lá em Janeiro! Estou contando os segundos! A minha irmã vai se mudar para lá no ano que vem, acho que em breve eu crio coragem também! Talvez uma pós graduação por lá,só pra ter a desculpa de ir logo de uma vez! Abraço!

  7. Carla 28 de outubro de 2009 at 12:48

    Hahaha… A gente vive inventando desculpas, né? Eu botei na cabeça que da próxima vez vou fazer um curso de aperfeiçoamento de espanhol – assim fico 1 mês inteiro sem culpa!

  8. Olá Marco,

    Nos últimos meses nós, do portal linguístico bab.la (http://pt.bab.la/), temos trabalhado em dois novos produtos lançados recentemente. Queremos compartilhá-los com você, que escreve sobre Buenos Aires.

    Nosso Guia de Sobrevivência está disponível para download gratuito (http://pt.bab.la/viagens/guia-de-sobrevivencia/ ) e contém as palavras e frases mais importantes e necessárias quando se viaja ao exterior. Ele está disponível em 14 idiomas diferentes. Com todas as combinações possíveis de línguas, no total são mais de 500 arquivos em PDF.

    O Guia de Frases (http://pt.bab.la/frases/) foi desenvolvido com base na sugestão de usuários, que pediram um recurso útil para a escrita em língua estrangeira. Ele contém centenas de frases úteis para inscrições, uso acadêmico, empresarial e pessoal. O Guia de Frases é uma ótima fonte de inspiração quando se precisa de uma frase introdutória para dissertação, carta motivacional ou para formular um e-mail comercial.

    Por fim, por favor envie-me os seus comentários ou perguntas sobre qualquer um dos produtos. Será um prazer receber a sua opinião.

    Atenciosamente,
    Priscila Andrade (priscila@bab.la)

  9. Lu Malheiros 31 de outubro de 2009 at 00:44

    Marco,
    Adoro supermercados em qualquer lugar do mundo! So fui à Buenos Aires uma vez, mas tentava entrar em todos os supermercados ou mercadinhos que via! Quando voltar, levarei copia do seu post e te digo qual meu preferido.
    na minha última viagem ao Perú, não aguentei e tirei fotos das bancas de batatas! Eram tantas e tão diferentes!
    Um abraço,

  10. Marco Cavalheiro 31 de outubro de 2009 at 14:08

    Oi Lu! Que legal que você gostou do post! E o seu Dividindo a Bagagem está ótimo! Adoro! Abraço! Marco

  11. Anônimo 15 de janeiro de 2010 at 01:48

    Tb sou fanatica por visitar supermercados em viagens e descobrir coisinhas gostosas. Estou indo no dia 26/01 pra Buenos Aires e com certeza sua listinha de supermercados vai estar me acompanhando. Adoro este tipo de dicas. Tks.

  12. Que bom que você gostou!Adoro supermercados também, e o que não vai faltar por lá são coisas gostosas para um bom picnic em uma das praças maravilhosas da cidade!! Aproveita a viagem, e me conta as tuas aventuras por lá depois!! Abraço!

  13. jair 3 de março de 2010 at 00:17

    salve! nas duas semanas que passei em Buenos Aires (uma em 2007 outra em 2009) eu visitei algumas lojas e não sei dizer qual mais me agrada. primeiro fui ao Carrefour express da 9 de Julio e também fui ao Coto do Abasto. lá fiquei animadíssimo com a praticidade do buffet self service, que inclui as saborosas empanadas.

    ano passado, "morando" em Palermo, conheci o Carrefour na Scalabrino Ortiz e o que tem dentro do shopping Paseo Alcorta. fomos num china ali perto tb e por acaso vimos que aquele Disco, com uma fachada clean e um logo com uma luz vermelha, era na verdade um mercado, hehe.

    como você disse, é de fato um bom meio de conhecer um pouco mais sobre o local. passamos muitos minutos revirando corredores e prateleiras, pegando produtos, lendo, comentando sobre os produtos, os preços, as embalagens. umas coisas são que nem aqui, mas outras se tornam uma marca registrada. quando voltarmos lá em julho, certamente peregrinaremos mais um pouco por esses ótimos locais culturais ^^

    *ah, e pomelo é bom!

  14. Oi Jair! Adoro pomelo também,heheh! Obrigado pela visita!! Abraço!

  15. duda lima 24 de março de 2010 at 21:56

    eu sou doida por supermercado!
    concordo que eles te dão uma outra visão da cidade, uma visão de cotidiano!

  16. Oi Duda! é verdade, para conhecer bem uma cidade conhecer os supermercados e os hábitos de consumo locais é essencial! Abraço!

  17. Jonatas 7 de maio de 2010 at 01:23

    Parabéns pelo site e dicas, supermercado é comigo mesmo, vou com um grupo agora em Julho e alugamos 2 apts na Recoleta. Lí em um site portenho que o Coto deixa a desejar, principalmente nas carnes; é verdade ou o nativo é muito exigente? Um abraço

  18. Oi Jonatas, obrigado pela visita! Pois é, o Coto não é lá grande coisa não. Eu prefiro muito mais o disco. E se você vai ficar na Recoleta, tem duas filiais do Disco no bairro! É o meu preferido, e a qualidade dos produtos é excelente! Boa viagem, e me conta depois como foi! Espero suas dicas! Abraço!

  19. Anônimo 16 de maio de 2010 at 01:00

    OI Marco

    Concordo que e uma alegria encontrar o marsala, o pomelo e o cafe colombiano com facilidade (gostaria que fosse facil o havaiano tb!!)… Ah e os queijos!!! Demais…
    abracos

  20. Ah, os queijos… que lembrança!! Obrigado pela visita!!

  21. jair 18 de maio de 2010 at 13:12

    aqui esta a minha pequena contribuição alguns com mercados em Palermo. o

    Carrefour – Av Raúl Scalabrini Ortiz 3128
    Carrefour – Jerónimo Salguero 3172 (no Paseo Alcorta)
    Disco – Jerónimo Salguero 2727
    Disco – Av Gral. Las Heras 2564
    Coto – Av Cervino 3515

  22. Raphaella 7 de junho de 2010 at 05:41

    Marco, voltei aqui para o blog somente para te agradecer e´parabenizar pelas dicas de supermercados…voltei dia 03/06/10 de BAS e estou perdidamente apaixonada por lá…quase me afoquei de tanto tomar paseo de los toros de pomelo, comprei inúmeras coisas no supermercado, vim com a bagagem carregada…dei sorte que o atendente da gol nao quis me cobrar excesso de bagagem…vim com 42 kilos na mala, e 16 nas mãos…parabéns pelo blog…fale para a sua amiga do myvillacrespo (nao recordo o nome, Mariana talvez) que o blog dela tbém é sensacional…almocei no salgado e acredita que me senti como se fosse amiga de vcs!!!! Só não deu tempo para conhecer o querido…mas não faz mal a próxima vez eu fico lá.
    Abraços

  23. Oi Raphaella! Obrigado pela visita novamente! Eu voltei dia 05/06 e também estou perdidamente apaixonado por lá… hehe. Paso de los Toros é o máximo! O blog da Mariana é perfeito, e o hotel dela (fiquei lá desta vez) é lindo, maravilhoso, e… pertinho do Salgado! Eu almocei por lá quase todos os dias, quem sabe a gente não se viu?! Me fala mais sobre a sua viagem, lugares que você gostou… Adoraria saber! Abraço, e espero te ver por aqui mais vezes!

  24. Anônimo 28 de junho de 2010 at 16:54

    Eu só discordo da parte em que diz que o Carrefour é parecido com o daqui! Pra mim, a diferença de produtos (a de preços não preciso nem comentar, né?) é muito grande. Pelo menos nas seções em que eu mais transitei (doces, biscoitos, padaria e higiene pessoal), achei tudo muito diferente. A padaria do carrefour de bsas dah de 10 a 0 em mtas "boulangeries" ou "padarias gourmet" aqui do brasil

  25. Oi! obrigado pela visita! pois é, eu talvez tenha exagerado um pouco, hehehe. Na realidade eu estava pensando mais no atendimento, que considerei um pouco pior do que os outros. Mas mesmo com produtos melhores do que no Brasil, o Carrefour em BsAs continua inferior ao Disco, na minha opinião. Mas você tem toda razão… pão e massa em BsAs geralmente tem ótima qualidade, e mesmo quando é ruim é bom, hehehe. Obrigado pela contribuição e pela visita! Abraço!

  26. Cadu 1 de julho de 2010 at 00:57

    Não disse que ia ficar navegando por aqui… Sempre tem mais um achado mais uma dica interessante.
    Como vamos ficar num apê na Recoleta os supermercados serão fundamentais para nós. Me diz uma coisa (li no Bs As, queridos) Concha & Toro chileno por 7 pesos???? Santos queijos e vinhos Batman!!!

  27. Cadu 1 de julho de 2010 at 01:58

    Marco, tive que voltar! Fiz uma pesquisa no google e achei dois sites: o do jumbo https://www.jumboacasa.com.ar/Comprar/Home.aspx e o site do disco http://www2.discovirtual.com.ar/
    Realmente encontrei o concha y toro a módicos $12,39 que na cotação de hj dá R$ 5,69. Entre esses e outros vinhos e produtos os preços são de dar água na boca!!! visitas diárias nos supermercados!!!

  28. pois é Cadu, os supermercados em BsAs são um oásis para quem gosta de vinho… O Jumbo e o Disco são ótimas opções. E os preços são sempre convidativos! E, apesar de gostar muito dos vinhos chilenos, na Argentina experimente os vinhos argentinos, hehehe. Dicas: Trumpeter, Alamos, Alto de las Hormigas, San Felipe, Rutini, Catena Zapata, Luigi Bosca, Saurus, Postales del Fin del Mundo… Abraço!

  29. Cadu 2 de julho de 2010 at 01:04

    Claro, vinhos argentinos serão a primeira opção! rs
    Por não conhecê-los muito foi que me baseei no preço do concha y toro, por já conhecer e ter base de preço aqui no Brasil.
    Obrigado pelas dicas dos vinhos tava meio sem rumo mesmo.
    Abraços!

  30. Oi Cadu! o site Planeta Joy tem várias informações muito interessantes e divertidas sobre vinhos, com certeza tu vai encontrar várias dicas por lá! Alguns exemplos:

    lista de vinhos por menos de 25 pesos para acompanhar pratos de inverno: http://www.planetajoy.com/?10_vinos_por_menos_de_25_pesos_para_acompanar_comidas_invernales_&page=ampliada&id=1709

    08 vinhos de boa relação preço-qualidade para pedir em um restaurante: http://www.planetajoy.com/?8_vinos_de_buena_relacion_precio-calidad_para_pedir_en_un_restaurante&page=ampliada&id=1617

    e várias outras dicas! o site é imperdível!! Abraço!

  31. Cadu 4 de julho de 2010 at 01:15

    Passando para agradecer pela super dica. Li todos os posts do site. Agora é fazer a lista para quando estiver em frente as prateleiras do Jumbo ou Disco, ou quem sabe da lojinha do s. Lee, vinos balatos rsrsrsrs. Li os posts sobre vinho daqui… Vinho bom é aquele que a gente gosta, né não? Os enochatos são mesmo umas figuras… kkkkkkkkkkkkkkk

  32. Legal Cadu! Aproveita o Planeta Joy, várias dicas interessantes! E espero que você encontre aquele vinho que defina o que você espera de um bom vinho. O legal é que esta busca não tem fim, hehehe. Abraço, e mantenha contato!!

  33. Cris 7 de julho de 2010 at 01:52

    Olá, Marco!
    Tenho visitado seu blog desde que decidimos passar 3 dias em Bs As pela primeira vez. Peguei muitaaaaaaaaaaas dicas aqui. Obrigada por compartilhá-las! Os supermercados são meu vício também! Mas surgiram algumas dúvidas:
    Pode-se trazer comida e bebida de lá?
    O que é permitido trazer na bagagem despachada e na de mão?
    Tem supermercados abertos até tarde?
    Ah, me dá umas dicas de queijos…
    Parabéns pelo blog!
    Obrigada.

  34. Oi Cris!! Que legal que você esta gostando do blog!! Em relação às suas dúvidas. Você pode trazer bebidas, mas a forma vai depender da companhia aérea. Eu sempre viajo com a Gol, e lá existe a seguinte regra:

    Transporte de bebidas

    ——————————————————————————–

    Não é permitido transporte de bebidas a bordo.

    As bebidas devem ser transportadas no porão da aeronave.

    O passageiro pode levar até 5 litros, devidamente embalados, e com volume alcoólico entre 24% e 70%.

    Eu sempre trago algumas garrafas de vinho,na mala despachada. Sempre embaladas com cuidado (sempre uso algumas camadas de plástico bolha,lacrado com fita e dentro de sacos plásticos lacrados e resistentes, para evistar qualquer transtorno.)Algumas lojas de vinho oferecem embalagens especiais para transporte.

    Acredito que as bebidas compradas no freeshop podem ser levadas sem problema na bagagem de mão, mas é sempre bom confirmar com a companhia aérea.

    Em relação ao transporte de alimentos, existe uma certa confusão. De acordo com os avisos espalhados pelos aeroportos, não podemos trazer alimentos de origem animal. Uma conhecida minha teve todos os potes de doce de leite confiscados aqui em Porto Alegre, mas deixaram passar os alfajores… Eu sempre trago na mala alfajores para os amigos, e chás e temperos ( o bairro Chino é um paraíso para quem gosta de cozinhar…), mas sempre com um pé atrás, pois as regras não são muito claras…

    Em relação aos horários, confesso que não encontrei muitos supermercados abertos até tarde. Geralmente até 22:00. Depois disso só os kisoskos, estes sim abertos até mais tarde e alguns 24hs.

    Espero ter ajudado, e se descobrir mais coisas deixa um recado por aqui!

    E adoraria receber um relato da tua viagem com suas dicas e sugestões!!

    Abraço!!

  35. Cris 8 de julho de 2010 at 06:08

    Muuuuuuuuuuuuito obrigada, Marco!
    Só senti falta das sugestões de queijos…

    Vou viajar de TAM e vou perguntar no check-in.

    Semana que vem dou notícias!

    Bjks

  36. oi Cris! Fiquei tão preocupado com os vinhos que esqueci dos queijos!

    Os queijos podem ser classificados pela textura (além de várias outras características): macios, semi-duros e duros, por exemplo.

    Eu sou fã do parmesão, Grana Padano, Roquefort, Brie e Camembert. Mas gosto muito do Pecorino, Gouda, Emental, Cheddar… Talvez a melhor forma de conhecer os queijos é através de uma visita a uma das várias redes de queijarias e delicatessens espalhadas pela cidade… uma das minhas favoritas é a Al Queso Queso (www.alquesoqueso.com) Tem vários enderços pela cidade, como Arenales 877,Florida 343 (dentro da loja Falabella), Riobamba 1161, etc.. Você pode pedir para experimentar vários tipos e escolhe aquele que mais gostou!

    dá uma olhada neste artigo da Joy pra maiores informações!

    http://www.planetajoy.com/?Como_armar_una_buena_tabla_de_quesos&page=ampliada&id=1101

    Abraço!! E qualquer coisa é só chamar!

  37. Cris 8 de julho de 2010 at 11:50

    Valeu, Marcos!
    Provar os queijos será um sacrifício…
    Bjks e até a volta!

  38. Pois é Cris, tão difícil… hehehe! Boa viagem ,e me conta depois como foi!! Abraço!

  39. Cadu 11 de julho de 2010 at 00:46

    Prezado Marco,
    Se me permite copio aqui o texto resposta recebido da Receita Federal acerca de questionamentos muito paracidos com o da Cris: Pode-se trazer comida e bebida de lá?
    O que é permitido trazer na bagagem despachada e na de mão?

    Segue a resposta da Receita Federal:
    Prezado(a) Senhor(a),

    Os bens integrantes da bagagem devem ser, necessariamente, destinados a uso ou consumo pessoal do viajante, em compatibilidade com as circunstâncias de sua viagem, inclusive aqueles para presentear, ou destinados a sua atividade profissional, e não podem permitir a presunção de importação ou exportação para fins comerciais ou industriais, devido a sua quantidade, natureza ou variedade. A bagagem é pessoal e intransferível, poderão compor a bagagem produtos de pequeno valor para serem dados de presente, isto dentro da cota de isenção.

    A legislação não determina uma quantidade absoluta, pois até a mesma quantidade para produtos de qualidades diferentes podem supor destinação diferente, porém, tendo em vista especificidades locais, algumas unidades podem emitir ordens de serviço com algumas exigências complementares. Portanto para maior segurança entre em contato com a unidade da Receita Federal por onde se dará a entrada do viajante.

    Os viajantes ao chegarem ao Brasil passam pela fiscalização da Receita Federal e de outros órgãos. Assim, alguns tipos de mercadorias trazidas na bagagem podem necessitar anuência da Anvisa, Agricultura, Polícia Federal, Exército, etc. E devem observar questões como: prazo de validade, registro prévio. No seu caso esta anuência é feita pelo Ministério da Saúde – Anvisa e Ministério da Agricultura. Portanto para dirimir suas dúvidas entre em contato com aqueles órgãos.

    Atenciosamente,
    Serviço de Fale Conosco
    Secretaria da Receita Federal do Brasil
    ————————————————————-

  40. Raquel 11 de julho de 2010 at 19:46

    Olá Marco! Assim como você, curto um supermecado no roteiro da viagem. 🙂
    Esse mês vou à Buenos Aires, ficarei em um hotel no Abasto. Você sabe se posso encontrar nesse bairro algum desses supermercados que voce citou? Obrigada!

  41. Oi Cadu! Obrigado pela contribuição!! Abraço!

  42. Oi Raquel!! eu não tenho muita experiência com o bairro Abasto, mas sei que tem um hiper coto bem na frente do Shopping Abasto(http://www.abasto-shopping.com.ar/). O endereço deste Coto é Aguero 616. E tem um Carrefour Mini na Av. Corrientes 3131.

    Aproveita a tua viagem e conta depois como foi!! Aguardo tuas dicas! Abraço!

  43. Raquel 24 de julho de 2010 at 21:34

    Marco,
    Cheguei esses dias de Buenos Aires. Quanto à hospedagem em Abasto não achei vantagem, economizei uns trocados, mas acredito que vale mais a pena me hospedar em um lugar mais bem localizado e bonito, mesmo pagando um pouco mais. Quanto às minhas dicas… bem, adorei a cidade, não deu tempo de fazer tudo o que queria mas muitos portenhos disseram-me ser imperdível o passeio ao delta do tigre. Fica pra próxima! O que fiz de diferente do roteiro de turistas brasileiros foi um jantar na madrugada de puerto madero… Muito gostoso e barato demais! Bem ao final deste bairro, existem alguns quiosques onde são vendidos sanduíches deliciosos… lembram muito os carrinhos de lanche aqui do interior de São Paulo, onde as pessoas comem aquele hamburgão depois da balada. Foi o único lugar de Buenos Aires que não encontrei nenhum turista. Apenas adolescentes portenhos famintos e moradores da cidade, que param para comprar um lanche para comer ali ou levar. Tá, pode parecer um programa de índio, mas adorei… eu e meu namorado fomos atrás do famoso bife de chorizo na cidade inteira, dos restaurantes simples aos caros e chiques, para ver o que tem de diferente… e não achamos nada demais. Já esses sanduíches simples num lugar nada glamuroso de puerto madero valem a pena!

  44. Oi Raquel! Eu nunca me hospedei em Abasto, conheço pouco o bairro, mas na tua próxima visita (estamos sempre planejando a próxima visita…) a BsAs quem sabe você fica no hotel Querido, da Mariana? Te garanto que você vai adorar!! Ah, e os sanduíches do Puerto Madero.. São lojinhas de conveniência no próprio Puerto ou aqueles quiosques de panchos na frente da reserva ecológica? As duas opções me agradam bastante!! Na realidade são estas pequenas descobertas que eu adoro em uma viagem!! Abraço, e espero te ver por aqui!!

  45. Jonatas 29 de julho de 2010 at 13:23

    Olá Marco, estou retornando ao Rio hoje, e estive fazendo compras em um Carrefour Express bem próximo na Av Pueyrredón, é pequeno e por isso não tem muito variedade. Um Safari ao lado na Azcuenega, também pequeno mas com açougue e a carne boa.Porém as compras maiores fiz no Coto da French,bem espaçoso e com tudo que se precisa. Entrei em um Disco e não comprei nada, só para conhecer. Para quem vai alugar um apartamento e tem tempo a econimia vale a pena. Resumo da ópera, foi muito legal a experiência.

  46. Obrigado por compartilhar com a gente a experiência, Jonatas! Que legal que você gostou!! O que mais você fez por lá? Manda tuas dicas pra gente!! Abraço!!

  47. Ivana 30 de julho de 2010 at 02:50

    A sua paciência e delicadeza com todos é estimulante!! Vou a BuAs dia 07/08 com meu marido e vou seguir suas dicas..obrigd pela disponibilidade em compartilhar contarei minhas novidades também ok?
    Abraço!! Ivaba

  48. Oi Ivana! Obrigado pela visita! Ah, a visita e comentários dos meus leitores é o que há de mais estimulante!!! Divirta-se em BsAs, não deixe de ler os outros blogs da lista e aguardo as suas dicas e comentários sobre a viagem!!! Abraço!!

  49. Rejane 12 de agosto de 2010 at 22:59

    Parabéns Marco!!!
    Seu site é sensacional e vc é um verdadeiro cavalheiro. Estou pesquisando para amigos que irão pra BsAs (já conheço essa cidade fantástica, mas voltarei em breve, claro!)e tive o prazer de descobrir o site que será de grande valia para o grupo.
    Eu não perco um supermercado de jeito nenhum.
    Obrigada por tudo!
    Abraço!!!
    Rejane

  50. Oi Rejane! Obrigado pelo elogio! fico feliz que o blog está ajudando no planejamento da viagem! Estou à disposição de vocês para qualquer dúvida, ok? Abraço ,e aguardo suas dicas sobre BsAs!!

  51. Andréa 6 de setembro de 2010 at 00:44

    Oi Marco,
    Estou em Buenos Aires e como adoro um supermercado dei um Google e achei seu blog. Genial!! Obrigada pelas dicas, mas pelo que eu vi nao tem super 24 horas como em SP, entao vou ter que esperar amanha para visita-los!
    Abraços

  52. Oi Andréa! Obrigado pela visita! Fico feliz que algumas dicas te ajudaram! Pois é, eu também sinto falta de um super 24hs em BsAs. Existem vários kioskos 24hs, mas super eu não conheço! Espero que você aproveite bastante a sua viagem, e passe por aqui para deixar suas dicas, ok? Abraço!!

  53. Bonuscard_UBCS 12 de dezembro de 2010 at 16:04

    Olá Marco!!

    Gostei bastante do seu blog!!

    Vou ano que vem a Buenos Aires divulgar o programa da Bonuscard_UBCS.

    http://www.bonuscardcompras.com.br/1001560

    Acho que esse povo vai gostar de ter bônus mensal pra gastar!!

    Podemos conversar ?
    TWITTER: @BonuscardUBCS

    MSN, EMAIL e Gtalk: gerentededivulgacao@gmail.com

    Skype: gerente.de.divulgacao

    Abraço, Lenise.

  54. Oi Lenise! Obrigado pela visita! E boa sorte com seu projeto!! Abraço!

  55. Ricardo 3 de abril de 2011 at 14:57

    Olá Marco, parabens pelo seu blog, achei de grande valia. Vc sabe se os supermercados em BA abrem aos Domingos e feriados? Estaremos proximos a Av. Sta Fé e vi no mapa que tem dois "Disco" nesta avenida. Obrigado pelas informações.
    Abraços,
    Ricardo

  56. Oi Ricardo! Obrigado pela visita! Nao tenho certeza sobre feriados, mas aos domingos ja fui no Disco! o ideal e assim que chegar, passar em um deles e pegar as informacoes atualizadas! Boa viagem!!

  57. Alexandra 17 de junho de 2011 at 12:52

    Marco
    Ótimo post, mesmo. Sou totalmente do teu time: supermercado é tudo em uma viagem. Em Punta tb tem o Disco. É meio pequeno e confuso, mas adoro … pães, fiambres , massas e molhos frescos.
    Abs
    Alexandra

  58. Oi Alexandra!! às vezes um lanchinho no hotel (ou um picnic!) com produtos locais comprados em supermercados ( e feiras!) pode ser uma experiência gastronômica tão intensa quanto em bons restaurantes!! Eu adoro cozinhar, então visitar estes lugares é sempre uma delícia, em todos os sentidos!! Abração, sempre uma alegria te ver por aqui!

  59. OBSERVADOR 15 de março de 2012 at 23:48

    Olá Marcos, o blog tá show de bola.
    Irei com um grupo, em agosto 2012, e gostaria por gentileza, que me fornecesse o contato do Hotel da Mariana, que vc falou acima.
    Obrigado.

    Carlos Soares

  60. Oi Carlos!! Obrigado pela visita!! O site do hotel é http://www.queridobuenosaires.com/ Abraço!

  61. Aparecida Pavanelli 14 de junho de 2012 at 20:17

    Olá Marco:
    Nem preciso dizer o óbvio:seu blog é demais!
    Vou em agosto a BA e ficarei na Viamonte,650-Microcentro e como também me amarro em um supermercado,vc poderia,por favor,dar o endereço de algum perto do meu endereço?Muitíssimo obrigada.
    Aparecida

  62. oi Aparecida! Obrigado pela visita! Na região que você vai ficar tem bastante opções, no mapa que eu fiz tem o Coto – Viamonte 1571; Vou tentar encontrar outros! Abraço, e boa viagem! 🙂

  63. Anônimo 17 de junho de 2012 at 13:44

    Passar o dia no bairro Once é super divertido! è uma mistura do Saara e Mercadão de Madureira!Mas atenção:há lojas que só vendem no atacado, No final você pode chegar a pé mesmo ao Shopping Abasto e ao Supermercado Coto(que fica em frente). Depois ainda, para se sentir beeem portenho, pegue na Av. Corrientes, ali pertinho, um ônibus para o Centro. Dica, para quem fingir que não é turista: compre numa banca de jornal o GUIA "T" de bolsillo.(de ruas, trnsporte, informações.Se não me engano, custa 10 pesos. Mas, olhe, ônibus se paga com moedas!

  64. Anônimo 4 de agosto de 2012 at 18:33

    Perto da Florida tem algum Disco??

  65. oi! Raramente vou na Florida, não saberia te responder. Dá uma olhada no site do Disco, lá tem os endereços da rede! Abraço!

  66. Anônimo 20 de agosto de 2012 at 03:35

    Boa noite. Tem um Disco na Quintana (Na Recoleta) que é muito bom, e não aparece no mapa do Blog. E não deixem de comprar Aji Molido (uma pimenta deliciosa) e Sal con Hierbas (uma delícia para temperar.

Leave A Comment